quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Posse do CONEPIR-AL

Finalmente vai sair a posse dos conselheiros e conselheiras (Sociedade Civil e Poder Público) do Conselho Estadual de Políticas de Igualdade Racial (Conepir). Valeu a pena, as muitas cobranças pelas redes sociais e a mobilização de lideranças dos segmentos afros junto ao Ministério Público Estadual, com o Promotor de Justiça Flavio Gomes. A luta continua! Axé!


terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

É carnaval

Já foi o tempo que a cidade de Maceió era vista como local de tranquilidade durante o carnaval. Esse ano, a programação será diversificada e descentralizada, contemplando os mais diversos estilos e públicos.

A Prefeitura de Maceió através da Fundação Municipal de Ação Cultural está organizando uma grande festa, valorizando atrações locais que serão distribuídas em dez polos, são eles: Pajuçara (Praça Multieventos), Clima Bom (Praça Osman Loureiro), Jacintinho (Praça do Mirante), Ponta Grossa (Praça Moleque Namorador), Pontal da Barra (Praça Caio Porto), Benedito Bentes 1, Benedito Bentes 2 (Avenida Guaxuma), Ipioca (Alto de Ipioca), Fernão Velho (Praça São Pedro) e o Polo Alternativo (Posto 7, Jatiúca).

O Desfile das Escolas de Samba acontecerá no dia 1º de março (sábado) das 20h às 2h, na Praça Multieventos. Também nesse local, terá no domingo (02.03), das 18h às 20h, o Concurso da Rainha Gay do Carnaval 2014 e o show com a travesti transformista Michelly Summer.

Outro momento de destaque será no dia 03 de março, a partir das 17h, com o desfile de Blocos Afros e a apresentação de grupos afroculturais: Afoxé Ofaomim, Arê Yorubá, Maracatu Raízes da Tradição, Inaê (Guesb), Afro Gurungumba(Viçosa/AL), Orquestra de Tambores, Luana Costa, Coletivo AfroCaeté, Banda Afro Mandela, Afoxé Odó Iyá e a atração nacional Banda Didá.

E no dia 04, terá o desfile de Bonecos Gigantes e de grupos de Bumba Meu Boi (concentração em frente à Sorveteria Bali e apresentação na Praça Multieventos).

Divirta-se na paz e com muita alegria! Axé!


Fonte: Coluna Axé – 287ª edição – 25/02 a 03/03/2014 – Jornal Tribuna Independente
Editora: Helciane Angélica / Contato: cojira.al@gmail.com

sábado, 22 de fevereiro de 2014

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Espetáculo Teatral Histórias Recicladas - Prestigie!



O espetáculo teatral Histórias Recicladas, protagonizado por catadoras de materiais recicláveis, retorna ao cenário cultural de Alagoas. Dirigido por Carlos Lagoeiro e co-direção de Claudia Maria de Oliveira, a peça foi montada em 2012 durante residência artística dos integrantes do Teatro Munganga de Amsterdam (Holanda), nas dependências do Ceasb em Maceió, onde criou o grupo Guerreiras da Esperança.

O cenário remete à intimidade de uma sala de estar, onde as atrizes contam episódios marcantes de suas vidas. São várias performances, envolvendo dez ex-catadoras do antigo lixão de Maceió e a participação de três jovens da comunidade Vila Emater II, que de forma simples e envolvente, estimulam a reflexão sobre a questão social e ambiental da reciclagem dos resíduos que a sociedade produz.

Tem como público alvo: estudantes, educadores, catadores e lideranças dos movimentos sociais. A ação sociocultural visa à conscientização ambiental, reconhecimento do trabalho do catador e a valorização da coleta seletiva. 

É uma realização da Cooperativa dos Catadores da Vila Emater (Coopvila) através do projeto "Coopvila - Reciclar e Educar" patrocinado pela Petrobras, através do Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania. Também conta com o apoio do Centro de Educação Ambiental São Bartolomeu (Ceasb), Teatro Munganga e Instituto Zumbi dos Palmares (IZP-AL).


SERVIÇO

19, 20, 24, 25 e 26 de fevereiro às 15h, no Teatro Linda Mascarenhas - ao lado do CEPA - Av. Fernandes Lima, Farol, Maceió-AL.

27 de fevereiro às 19h, para convidados, no Centro Cultural Arte Pajuçara localizado na Av. Dr.Antônio Gouveia, 1113, Pajuçara, Maceió-AL. 

ENTRADA FRANCA!

Contatos: 8831.3231 / 9984.2063

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

A festa do povo

Os preparativos para a festa carnavalesca se intensificam a cada dia em Alagoas, com os ensaios das orquestras de frevo, sambistas e grupos percussivos, além da realização de bailes privados e a apresentação do boi de carnaval. Outras programações que merecem destaque são as atividades reflexivas sobre o carnaval de rua e a diversidade cultural.

Pensando nisso, o Museu Théo Brandão de Antropologia e Folclore realiza todos os anos, o tradicional projeto “Munguzá Cultural”, e, amanhã (19.02) às 19h, terá um bate-papo com temas ligados à cultura popular, com a presença do antropólogo e pesquisador Daniel Reis, do Centro Nacional de Folclore e Cultura Popular (CNFCP), além da palestra “O Reinado de Mamãe” sobre a relação do bloco carnavalesco com o Museu Théo Brandão. Também terá aulas gratuitas de frevo ministradas pelo professor Edson Santos nos dias 18 e 21 deste mês, das 15h às 17h, com vagas limitadas.

E para fortalecer a organização e participação de blocos carnavalescos, nesse ano, a Prefeitura de Maceió promoveu um importante edital para garantir a ajuda de custo nos eventos da Prévia e do Carnaval em Maceió. A Comissão de Seleção foi composta por Bruno César Cavalcanti, Professor da Universidade Federal de Alagoas (Ufal); Ivan Barsand, Radialista apresentador do Programa Balançando o Ganzá; e Karina Padilha, Ex Secretária de Cultura de Viçosa-AL.

Foram 85 blocos contemplados, divididos em três modalidades – Comunitário, Tradicional e Especial – destacamos: “Bloco da Liberdade” (Grupo Folclórico Ganga Zumba), “Bloco Kizumba” (Associação Cultural Tambores de Alagoas), “Bumbá na Folia” (Associação Dos Moradores do Bairro do Poço), “Bloco do Bobo” (Rogério Dias), “Maracatu Baque Alagoano” (Grupo Percussivo Baque Alagoano),“Afoxé Odô Iyá”(Núcleo de Cultura Afro Brasileira Iyá Ogun-Té), “Bloco Tia Marcelina” (Associação Cultural Afro Caeté), “Filhinhos da Mamãe” (Associação Teatral das Alagoas) e o “Bloco Pinto da Madrugada” (Instituto Bloco Carnavalesco Pinto da Madrugada).

Esse ano o carnaval promete, que a alegria e a paz prevaleçam! Axé!


Fonte: Coluna Axé - 286ª edição – 18 a 24/02/2014 – Jornal Tribuna Independente. 
Editora: Helciane Angélica / Contato: cojira.al@gmail.com

domingo, 9 de fevereiro de 2014

Trilha sonora - Fim de semana (08 e 09.02.14)

"Por tanto amor, por tanta emoção. A vida me fez assim, doce ou atroz, manso ou feroz. Eu, caçador de mim"


 

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Beijo gay

O assunto mais comentado no momento, seja nas rodas de conversa, escolas, igrejas,  praças e principalmente nas redes sociais, foi o primeiro beijo entre homens homossexuais em uma novela da Rede Globo. 

Porém, existem outros casos registrados como: os atores Daniel Barcelos e Rai Alves, protagonizaram um beijo gay na série “Mãe de Santo” (Tv Manchete) em 1990; em 1985, na novela “Um Sonho a Mais” (Rede Globo), os atores Ney Latorraca e Carlos Kroeber trocam um "selinho", no entanto, o personagem de Ney Latorraca estava travestido de mulher, assumindo a identidade da secretária Anabela; também teve o primeiro beijo lésbico na novela “Amor e Revolução” (SBT) em 2011, com as atrizes Giselle Tigre e Luciana Vendramini. 

O beijo entre os atores Matheus Solano e Thiago Fragoso  é mais um fato histórico na teledramaturgia gerando polêmicas e divulgação internacional. O diretor da novela Amor à Vida, Walcyr Carrasco, ficou satisfeito com a repercussão do beijo: “Um marco em termo de quebra de paradigmas, de abertura para a sociedade e uma demonstração da convivência de diferentes. O mundo é para todos. E acho que a novela conseguiu dizer isso”. 

O que para muita gente parecia final de copa do mundo, para outros, foi o fim dos tempos, uma verdadeira afronta a moral cristã e essência das famílias. Enfim, o mais importante é a constante luta por respeito pelas diversas formas de amor e o combate da homofobia.


Fonte: Coluna Axé - 285ª edição – Jornal Tribuna Independente (04 a 10/02/2014) 
Editora: Helciane Angélica / Contato: cojira.al@gmail.com