terça-feira, 31 de agosto de 2010

Diversidade e igualdade no SUS

Por: Helciane Angélica


De 31 de agosto a 2 de setembro, a Diretoria de Promoção da Saúde da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) realiza o seminário sobre Diversidade de Sujeito e Igualdade de Direitos no SUS, no Recanto Coração de Jesus localizado no bairro da Serraria em Maceió. A atividade conta com o apoio da Secretaria Estadual da Mulher, Cidadania e Direitos Humanos; a Universidade Federal de Alagoas e o Ministério da Saúde.

Tem como objetivo central: implementar a articulação entre sujeitos e movimentos organizados da diversidade com gestores públicos, criando condições através da justiça social, de fortalecer as políticas de saúde, reduzindo as iniquidades nos diferentes contextos.

Estarão presentes profissionais e gestores de saúde, integrantes de movimento popular e social; da educação, educadores populares, lideranças do campo, indígenas, negros, quilombolas, religiões de matriz africana; e do movimento de lésbicas, gays e transexuais.

Dentre os temas a serem discutidos estarão: “Os Movimentos Sociais na Saúde”, “Protagonismo dos Movimentos Sociais Organizados pelo Direito à Saúde: qual o impacto?”, “As Políticas de Promoção da Equidade em Saúde”, “Saúde Pública na perspectiva da Diversidade”, “As determinações sociais no processo de Saúde”. Também terão grupos de trabalhos para aprofundar as reflexões e propostas, além de apresentações culturais como grupos de maculelê do Mestre Tunico, Toré Xucuru Cariri e Dança dos Orixás, com a participação dos alunos do projeto Inaê, do Village Campestre II.

O Sistema Único de Saúde (SUS) foi criado pela Constituição Federal de 1988 para que toda a população brasileira tenha acesso ao atendimento público de saúde; fazem parte os centros e postos de saúde, hospitais – incluindo os universitários, laboratórios, hemocentros (bancos de sangue), os serviços de Vigilância Sanitária, Vigilância Epidemiológica, Vigilância Ambiental, além de fundações e institutos de pesquisa. Mais informações: (82) 3315-1118.


Fonte: Coluna Axé - Tribuna Independente (31.08.10)

domingo, 29 de agosto de 2010

Viver despenteada



Hoje aprendi que é preciso deixar que a vida te despenteie,
por isso decidi aproveitar a vida com mais intensidade...
O mundo é louco, definitivamente louco...
O que é gostoso, engorda. O que é lindo, custa caro.
O sol que ilumina o teu rosto enruga.
E o que é realmente bom dessa vida, despenteia...
- Fazer amor, despenteia.
- Rir às gargalhadas, despenteia.
- Viajar, voar, correr, entrar no mar, despenteia.
- Tirar a roupa, despenteia.
- Beijar à pessoa amada, despenteia.
- Brincar, despenteia.
- Cantar até ficar sem ar, despenteia.
- Dançar até duvidar se foi boa idéia colocar aqueles saltos gigantes essa noite, deixa seu cabelo irreconhecível...

Então, como sempre, cada vez que nos vejamos
eu vou estar com o cabelo bagunçado...
mas pode ter certeza que estarei passando pelo momento mais feliz da minha vida.
É a lei da vida: sempre vai estar mais despenteada a mulher que decide ir no primeiro carrinho da montanha russa, que aquela que decide não subir.

Pode ser que me sinta tentada a ser uma mulher impecável,
toda arrumada por dentro e por fora.
O aviso de páginas amarelas deste mundo exige boa presença:
Arrume o cabelo, coloque, tire, compre, corra, emagreça,
coma coisas saudáveis, caminhe direito, fique séria...
e talvez deveria seguir as instruções, mas
quando vão me dar a ordem de ser feliz?
Por acaso não se dão conta que para ficar bonita
eu tenha que me sentir bonita...
A pessoa mais bonita que posso ser!

O único, o que realmente importa é que ao me olhar no espelho, veja a mulher que devo ser.
Por isso, minha recomendação a todas as mulheres:

Entregue-se, coma coisas gostosas, beije, abrace, dance, apaixone-se, relaxe, viaje, pule, durma tarde, acorde cedo, corra, voe, cante, arrume-se para ficar linda, arrume-se para ficar confortável!
Admire a paisagem, aproveite,
e acima de tudo, deixa a vida te despentear!

O pior que pode acontecer é que, rindo frente ao espelho, você precise se pentear de novo...


Recebi da amiga Cibelle Araújo.

sábado, 28 de agosto de 2010

Trilha sonora - fim de semana (28 e 29.08.10)

Força e renovação em um eterno ciclo da vida! Axé!



Banner - apresentação do TCC

Hoje das 9 às 11h, terá a apresentação do meu Trabalho de Conclusão de Curso e demais colegas da pós-graduação de Comunicação Empresarial, do Centro Universitário Cesmac.



sexta-feira, 27 de agosto de 2010

TCC - Comunicação Empresarial

Mais uma etapa da minha vida concluída, aos trancos e barrancos, superando os prazos e as obrigações do dia a dia... finalmente consegui terminar o meu trabalho de conclusão de curso "Palmares in loco - Estratégias de Comunicação, Marketing e Identidade Étnicorracial", na pós-graduação em Comunicação Empresarial realizada no Centro Universitário Cesmac.

Diante da atual conjuntura, estando envolvida ao movimento social negro e ainda ser editora da Coluna Axé (jornal Tribuna Independente) não poderia fazer esse tcc sem abordar a temática negra. Escolhi como objeto de estudo o projeto Palmares in loco, uma das principais ações do Centro de Cultura e Estudos Étnicos Anajô que é vinculado aos Agentes de Pastoral Negros do Brasil (APNS).

E as experiências não param por aqui, muito menos, o desenvolvimento científico! Penso em fazer outros cursos e investir no mestrado, em um futuro bem próximo, além do interesse em ampliar os aprofundamentos teóricos na linha "Comunicação, Gênero e Etnia".

Continuando com novos rumos...



RESUMO DO TRABALHO


Este trabalho contém uma pesquisa documental, com um resumo sobre a trajetória do Quilombo dos Palmares que se desenvolveu durante o período colonial, e resistiu por quase cem anos, onde escravos fugidos conquistaram uma nova identidade, formaram uma civilização que tinha uma organização sócio-política-militar e visavam apenas um ideal: a liberdade. Também destaca a importância do Parque Memorial Quilombo dos Palmares construído na Serra da Barriga no município de União dos Palmares, que atualmente é uma das referências do turismo étnico e valoriza a cultura afro-brasileira. Nesse contexto, encontra-se o Centro de Cultura e Estudos Étnicos Anajô, organização não-governamental do movimento negro alagoano que realiza desde 2007, o projeto Palmares in loco, que é o foco desta monografia e tem como meta principal a apresentação de estratégias de comunicação e marketing para dar maior visibilidade ao projeto social.


Palavras-chave: Comunicação e Marketing; Turismo Étnico; Serra da Barriga; Centro de Cultura e Estudos Étnicos Anajô.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Conversas Negras

Por: Helciane Angélica


De 24 a 26 de agosto, o Projeto Raízes de Áfricas coordenado pela educadora e redatora publicitária Arísia Barros, realizará o I Ciclo Nacional de Conversas Negras: “Agosto Negro ou o que a História Oficial Ainda Não Conta” no auditório da Federação das Indústrias de Alagoas no bairro do Farol em Maceió-AL.

Tem como principais objetivos: estabelecer um canal de comunicação entre a população e as instituições locais, proporcionando o sentimento de pertencimento étnico, contribuir para o enfrentamento do racismo estrutural e suas consequências sociais; agregar valores aos currículos institucionais contemplando e problematizando temas relacionados com as questões que dizem respeito ao negro na sociedade brasileira (Lei Caó nº 7.716/89, Lei Federal nº 10.639/03, Lei Estadual nº6.814/07); aproximar a sociedade do ideário acadêmico e a academia das conversas negras/sociais e de pesquisas que exploram de forma positiva a etnicidade negra; além de socializar ferramentas didáticas e conteúdos referentes ao ensino da História da África e cultura afro-brasileira.

Foram destinadas 150 vagas, e a meta principal é possibilitar a criação de um Fórum Intergovernamental Contra o Racismo Estrutural. A programação é bem extensa com oficinas, palestras e debates, destacando-se: As perspectivas políticas para a população negra em 2011 (Ano Internacional dos Afro-descendentes); Os Fóruns Permanentes de Educação e Diversidade Étnicorraciais e as Diferentes Possibilidades de Construção de Outros Olhares na Educação Formal; “Deficiência e Negritude” - A deficiência como hiato racial entre negros e brancos; De olho no preconceito: uma análise sobre os personagens negros em livros para crianças e adolescentes; Cultura e Mídia Não Discriminatórias e/ou Mais Mulheres Negras no Poder; Roda de Conversa para Blogueiros/Blogueiras, Twiteiros/Twiteiras e Afins; dentre outros assuntos interessantes.

Outro importante momento será o lançamento de dois livros no dia 24 às 20h, que se destacam pela reflexão crítica e atualizada, além de ter o recorte de gênero e etnia. São eles: “O negro na Polícia Militar: cor, crime e carreira no Rio de Janeiro” escrito por Carlos Nobre Cruz – jornalista, pesquisador, professor do Departamento de Comunicação Social da PUC-Rio e mestre em Ciências Penais (Universidade Cândido Mendes), e o livro “Mulheres Negras do Brasil” de Schuma Schumer e Érico Vital Brazil, que apresenta referências, estudos e raridades iconográficas antes mesmo da chegada dos europeus às terras brasileiras até a atualidade.

O evento promete ser surpreendente e também conta com vários apoiadores, inclusive, da Comissão de Jornalistas pela Igualdade Racial em Alagoas (Cojira-AL). Mais informações: raizesdeafricas@gmail.com.br / 8815-5794 e 8898-0689.



Fonte: Coluna Axé - Tribuna Indepedente (24.08.10)

domingo, 22 de agosto de 2010

Desprender-se

Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final...
Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário, perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver.
Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capítulos. Não importa o nome que damos, o que importa é deixar no passado os momentos da vida que já se acabaram.
Foi despedida do trabalho? Terminou uma relação? Deixou a casa dos pais? Partiu para viver em outro país? A amizade tão longamente cultivada desapareceu sem explicações?
Você pode passar muito tempo se perguntando por que isso aconteceu....
Pode dizer para si mesmo que não dará mais um passo enquanto não entender as razões que levaram certas coisas, que eram tão importantes e sólidas em sua vida, serem subitamente transformadas em pó. Mas tal atitude será um desgaste imenso para todos: seus pais, seus amigos, seus filhos, seus irmãos, todos estarão encerrando capítulos, virando a folha, seguindo adiante, e todos sofrerão ao ver que você está parado.
Ninguém pode estar ao mesmo tempo no presente e no passado, nem mesmo quando tentamos entender as coisas que acontecem conosco.
O que passou não voltará: não podemos ser eternamente meninos, adolescentes tardios, filhos que se sentem culpados ou rancorosos com os pais, amantes que revivem noite e dia uma ligação com quem já foi embora e não tem a menor intenção de voltar.
As coisas passam, e o melhor que fazemos é deixar que elas realmente possam ir embora...
Por isso é tão importante (por mais doloroso que seja!) destruir recordações, mudar de casa, dar muitas coisas para orfanatos, vender ou doar os livros que tem.
Tudo neste mundo visível é uma manifestação do mundo invisível, do que está acontecendo em nosso coração... e o desfazer-se de certas lembranças significa também abrir espaço para que outras tomem o seu lugar.
Deixar ir embora. Soltar. Desprender-se.
Ninguém está jogando nesta vida com cartas marcadas, portanto às vezes ganhamos, e às vezes perdemos.
Não espere que devolvam algo, não espere que reconheçam seu esforço, que descubram seu gênio, que entendam seu amor. Pare de ligar sua televisão emocional e assistir sempre ao mesmo programa, que mostra como você sofreu com determinada perda: isso o estará apenas envenenando, e nada mais.
Não há nada mais perigoso que rompimentos amorosos que não são aceitos, promessas de emprego que não têm data marcada para começar, decisões que sempre são adiadas em nome do "momento ideal".
Antes de começar um capítulo novo, é preciso terminar o antigo: diga a si mesmo que o que passou, jamais voltará!
Lembre-se de que houve uma época em que podia viver sem aquilo, sem aquela pessoa - nada é insubstituível, um hábito não é uma necessidade.
Pode parecer óbvio, pode mesmo ser difícil, mas é muito importante.

Encerrando ciclos. Não por causa do orgulho, por incapacidade, ou por soberba, mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais na sua vida.
Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira. Deixe de ser quem era, e se transforme em quem é. Torna-te uma pessoa melhor e assegura-te de que sabes bem quem és tu próprio, antes de conheceres alguém e de esperares que ele veja quem tu és..

E lembra-te:
Tudo o que chega, chega sempre por alguma razão


Fernando Pessoa - poeta e escritor português

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Profissionais discutem "O Jornalismo a serviço da sociedade e a defesa da profissão"

Por: Helciane Angélica


De 18 a 22 de agosto acontecerá o 34º Congresso Nacional de Jornalistas e ainda terá o 1º Encontro Latino-Americano de Jornalistas em Porto Alegre (RS), que reunirá cerca de 700 profissionais para debater o tema: "O Jornalismo a serviço da sociedade e a defesa da profissão".

A ocasião, também será propícia para o encontro dos profissionais comprometidos com uma mídia voltada para a diversidade étnicorracial e no combate do racismo e os preconceitos correlatos, que trocarão informações sobre a atuação das Comissões de Jornalistas pela Igualdade Racial (AL, SP, RJ, DF, BA e PB) e o Núcleo de Comunicadores Afro-Descendentes do Rio Grande do Sul, além disso, terá uma oficina e o espaço de articulação “Gênero, Raça e Etnia”.

A delegação alagoana é formada por Isaías Barbosa, Ricardo Moresi, Flavio Mireirinho e as cojiranas Valdice Gomes e Emanuelle Vanderlei. Esperamos que tenham um bom encontro e ótimas resoluções!

terça-feira, 17 de agosto de 2010

FCP - 22 anos

Por: Helciane Angélica


A Fundação Cultural Palmares faz parte do Ministério da Cultura e destina-se em elaborar estratégias de reconhecimento, preservação e de visibilidade às heranças afro-brasileiras. Trata-se de uma importante conquista do movimento social negro do País, e que há 22 anos vem contribuindo para grandes transformações sócio-culturais!

Para comemorar o aniversário do órgão federal, foi estabelecida uma ampla programação festiva que contemplou sete capitais – onde possuem ou pretendem implantar representações regionais da FCP – e envolveu grupos artísticos de 12 estados brasileiros selecionados por meio de um edital, que apresentaram seu talento no teatro, dança e música. Teve início no dia 13 de agosto com a apresentação do espetáculo teatral “Algo de Negro” do Grupo Folias D’arte (SP) no Calçadão do Comércio de Maceió.

Também ocorreu uma votação popular online para definir as três personalidades femininas negras que se destacam por contribuir no exercício do respeito à diversidade e à cidadania, com especial atenção à causa afro-brasileira. A atividade encontra-se na terceira edição, e desta vez teve recorte de gênero, foram pré-selecionadas 30 mulheres pelo corpo funcional da Palmares, e das 15 finalistas escolhidas pela Diretoria que estavam concorrendo ao prêmio, a alagoana Mãe Neide Oyá D´Oxum coordenadora do Grupo União Espírita Santa Bárbara (Guesb) pelo valoroso trabalho executado no projeto Inaê. Até o encerramento da edição nº112 da Coluna Axé, Mãe Neide estava vencendo no campo religioso; no campo cultural, Chica Xavier – a atriz de cinema, teatro e televisão, que também luta pela igualdade racial e no combate ao preconceito religioso; e no social, Alaíde do Feijão – especialista na culinária afro-baiana e grande conhecedora da cultura ancestral africana.

A entrega do Troféu Palmares 2010 acontecerá nesta sexta-feira (20), no Teatro Nacional de Brasília, também com o show Mães D´água que será transformado em DVD – uma homenagem a Iemanjá, e contará com a participação das artistas negras: Alaíde Costa, Daúde, Luciana Mello, Margareth Menezes, Mart´nália, Paula Lima e Rosa Maria, acompanhadas por uma banda-base e uma orquestra de 45 músicos. Outras informações no site: www.palmares.gov.br.


Fonte: Coluna Axé - Jornal Tribuna Independente (17.08.10)

domingo, 15 de agosto de 2010

Dia do solteir@

Por: Helciane Angélica



Que legal... hoje, 15 de agosto, é o Dia do Solteir@!


Parabéns para @s que não precisam dar satisfação sobre com quem e onde estavam, e responder um monte de pergunta!

Parabéns para @s que adoram ter uma cama de casal todinha para você.


Parabéns para @s que estão estudando, trabalhando ou vendo as merdas da TV em pleno domingo e ainda conseguem se divertir. kkk

Parabéns para @s que não se incomodam de ir ao cinema sem acompanhante.

Parabéns para @s que conseguem ouvir música romântica sem chorar.

Parabéns para tod@s aqueles que não perderam o amor-próprio e ainda
buscam o relacionamento dos sonhos ... sem ansiedade e pressão.

É isso aí meu amor ... solteir@ sim, sozinh@ nunca!!! E a tristeza deixa bem longe!

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Poema en español

Nuestros Momentos

(Oriza Martins)


Son encuentros de ternura y de magia
Que este fuerte sentimiento propicia

Y arrebata los más puros pensamientos…
Tienen amor, tienen cariño, obsesión,
Amistad, alegría, adoración,
E tienen mucho, mucho más…

Nuestros momentos…

Son centellas y chispas de amor en el aire
Son promesas envolventes en el mirar
Y en el pecho, tempestades de emoción…
Yo te miro, tu me miras, nos deseamos,
Yo te quiero, me convidas, nos amamos,
Y el amor nos envuelve en pasión.

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Quilombolas em festa

Por: Helciane Angélica


No dia 15 de agosto, a comunidade rural Poços do Lunga formada por remanescentes de quilombo no município de Taquarana, distante 135 km da capital alagoana e situado na região do agreste, realizará a Festa Meado de Agosto. A festividade já é uma tradição centenária e celebra a devoção a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e também homenageia a Dona Firmina Mercê de Jesus (in memoriam) – uma pessoa querida, conhecida por sua fé e que foi uma importante liderança em defesa dos direitos da comunidade.

A Comissão Provisória Associação Quilombola Poços do Lunga prevê cerca de 1200 pessoas, dentre os moradores do município de Taquarana, sítios circunvinhos, povoados da região do Rio Lunga e convidados. A programação está prevista para iniciar às 12h, com a reza do terço, procissão e leilão de prendas. Em seguida, terão as apresentações artísticas: dança afro Pérola Negra Pau D’arco (Arapiraca), o grupo de capoeira PETI Sítio Volta de Poços do Lunga (Taquarana), Banda de Pífanos (Taquarana) e a poesia musicada no pandeiro (Maceió).

O evento conta com a produção cultural e assessoria de Keka Rabelo, e tem o patrocínio da Prefeitura de Taquarana, Acuã Mídia Impressa, Thudo Comunicação Visual e Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra-AL). Mais informações: (82) 8863-7287 / 9954-3561 / 9324-4147.

Atualmente existem 49 certificadas pela Fundação Cultural Palmares, e a comunidade quilombola Poços do Lunga recebeu sua certidão de titulação publicada no Diário Oficial da União no dia 07 de junho de 2006 e conta com 45 famílias. Parabéns pela organização, manutenção da identidade e valorização da cultura afro-brasileira! Axé!


Fonte: Coluna Axé - Tribuna Independente (10.08.10)

domingo, 8 de agosto de 2010

Dia dos Pais


Esse é o meu painho, Helcias Pereira, um sonhador e ativista negro, um cara admirável e um exemplo de lutador para mim. Ele não gosta muito dessas datas comerciais e sempre diz que não precisa de presente ... mas, quem não gosta de ganhar?!

Bom, o fato que essas datas só servem para reforçar o quanto essas pessoas são importantes em nossas vidas. Que devem ser amadas e respeitadas ... e acarinhar sempre! Afinal de contas, não sabemos o dia de amanhã.

"Pai ... você foi meu herói, meu bandido ... hoje é mais, muito mais que um amigo".

Te admiro e amo muiiiiito! Cheiro

A dádiva de viver

Por vezes, você caminha pela vida com o olhar voltado para o chão, pensamento em desalinho, como quem perdeu o contato com sua origem divina.

Olha, mas não vê... Escuta, mas não ouve. Toca, mas não sente...

Perdido na névoa densa que envolve os próprios passos, não percebe que o dia o saúda e convida a seguir com alegria, com disposição, com olhar voltado para o horizonte infinito, que lhe acena com o perfume da esperança.

Sua vida na Terra tem um propósito único, um plano de felicidade elaborado especialmente para você. Por isso, não deixe que as nuvens das ilusões e de revoltas infundadas contra as leis da vida tornem seu caminhar denso e lhe toldem a visão do que é belo e nobre.

Siga adiante refletindo na oportunidade milagrosa que é o seu viver.

Inspire profundamente e medite na alegria de estar vivo, coração pulsante, sangue correndo pelas veias, e você, vivo atuante, compartilhando deste momento do mundo único, exclusivo. E você faz parte dele.

Sinta quão delicioso é o aroma do amanhecer, o cheiro da grama, da terra após a chuva, do calor do sol sobre a sua cabeça, ou da chuva a rolar sobre sua face.

Aquela flor miúda que, em meio à urze sobrevive linda, perfumosa, a brilhar como se fosse grande.

Sinta-se vivo ao apreciar o voo da borboleta ou do pássaro à sua frente.

Escute os barulhos da natureza, a água a escorrer no riacho, ou simplesmente aprecie o céu, com suas nuvens a formar desenhos engraçados fazendo e desfazendo-se sobre seus olhos. Quão maravilhosa é a vida!

Mas, se o céu estiver escuro e você não puder olhá-lo, detenha-se no microuniverso, olhe o chão. Quanta vida há no chão...

Minúsculos seres caminhando na terra, na grama... A formiga na sua luta diária pela sobrevivência... A aranha a tecer sua teia caprichosamente, e tantas coisas para ver, ouvir, sentir, cheirar, para fazer você sentir-se vivo.

Aprenda a silenciar o íntimo agitado e a beneficiar-se das belezas do mundo que Deus lhe oferece.

A sabedoria hindu aprecia, na natureza, o que Deus desejou para ela: que fosse aliada do homem no seu progresso, oferecendo o alimento, dando-lhe os meios de defender-se das intempéries.

E, sobretudo, sendo o seu colírio diário suavizando as aflições da vida.



Fonte: Gazeta de Alagoas - Enviado por Janete Gusmão.

sábado, 7 de agosto de 2010

Jantar italiano - eu fui!

Na quinta-feira (05.08) teve um jantar solidário realizado pela Associação Pachamama (Torino-Itália) para ajudar nas ações da Comissão Pastoral da Terra em Alagoas. Confesso que não estava tão animada para eventos sociais, eu ia até sozinha, mas consegui convercer minha mãe (que só sai de casa obrigada, kkkkk) e as amigas Cássia e Marcélia.

Posso dizer que valeu a pena! A noite foi bem agradável, um momento fantástico de integração entre o Brasil e a Itália, teve uma comida gostosa e bem diferente para o meu paladar, além de MPB de qualidade interpretada pelo lindíssimo Guilla ... o negão arrasa! Confira algumas fotos:

A atividade ocorreu no Clube dos Engenheiros em Maceió e com muitas autoridades presentes.

1ª entrada: Pimentão com Bagna Caoda (molho piemontese) ... esse eu não gostei.

Olha aí, a turminha da mesa que eu estava.

2ª entrada: Vitelo Tonnato ... fatias de carne com um molhinho de atum, só faltou uma torradinha. Esse eu repeti. kkkk

Ê delícia ... eita é o Guilla! kkkk A atração artística da noite.

3ª entrada: Berinjela a la "Parmigiana ... isso saindo do forno, pelando de quente, é mais gostoso ainda.

O meu amiguinho Matheus é bom de garfo! Abençoa senhor o estômago desse menino. kkk

O prato principal: Penne a la "Carbonara" ... finalmente, uma massa italiana.

Não aguento mais não, haja comida! ... Ainda teve salada tricolor, deixa pra próxima viu!

Ah, sobremesa?! Tiramisù ... claro que tem espaço. kkkk

Buon Appetito!!!

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Novos horizontes

Por: Helciane Angélica

Os Agentes de Pastoral Negros do Brasil (APNS), entidade do movimento negro nacional, estão mais revigorados e fortalecidos com a nova organização e empenho do seu Quilombo em Alagoas. De 30 de julho a 1º de agosto, ocorreu o 1º Encontro Estadual para discutir a implantação de um projeto sócio-político local, que garanta o fortalecimento da entidade; formação que promova a auto-estima e a consciência étnicorracial; o empoderamento político e na atuação mais expressiva junto aos conselhos e órgãos de várias estâncias na elaboração de políticas públicas; além de ampliar e consolidar a formação nos mocambos (núcleos de base).

Na programação teve lançamento de livro, palestras, debates e grupos de trabalhos que ampliaram as discussões e deliberaram várias estratégias de ação. O Encontro teve um saldo bem positivo, com uma agenda política para apresentar a entidade e criar novos grupos de comprometidos no combate do racismo e preconceitos correlatos (estão previsto mais cinco mocambos, em três municípios); a escolha de uma Assessora Estadual da Juventude dos APNS; realização do Seminário Palmares in loco em março de 2011; e também a aprovação da celebração dos 30 anos dos APNS, de 14 a 16 de março de 2013, na Serra da Barriga em União dos Palmares.

O Encontro Estadual contou com a participação de um grupo bem heterogêneo, comprometido socialmente, com faixa etária, crenças e origens bem diferentes. Estavam presentes membros do Centro de Cultura e Estudos Étnicos Anajô (formado por educadores, artistas, produtores culturais, jornalistas), integrantes da Pastoral da Negritude da Igreja Batista do Pinheiro, duas jovens de origem indígena, um quilombola de Poços do Lunga (Taquarana), lideranças dos municípios de União dos Palmares e São José da Tapera, além de três coordenadores nacionais – que fizeram questão de conhecer o Parque Memorial Quilombo dos Palmares, e também conversar com o Mestre Claudio representante do escritório da Fundação Cultural Palmares na cidade de União dos Palmares.

A Cojira-AL deseja sucesso nas próximas caminhadas e muito axé para os novos integrantes, que seguem o lema “organização, fé e luta”!


Fonte: Coluna Axé - Tribuna Independente (03.08.10)